Sony Xperia Z5 Premium E6853

O Sony Xperia Z5 Premium (unboxing do Sony Xperia Z5 Premium) foi o último top de linha da Sony pertencente a linha Z lançado em setembro de 2015 na IFA 2015 com um preço de fazer qualquer hipertenso ter crise (por ser muito salgado). Ele chegou ao Brasil apenas em novembro de 2015 em plena alta do dólar com o preço sugerido acima dos R$ 4.000,00.

Ele foi apresentado em três cores: preto, dourado (ouro) e cromado com acabamento em vidro na parte de trás (protegido por Corning Gorilla Glass, além de uma película SHATTERPROOF que a Sony aplica em seus aparelhos para proteger o vidro de arranhões. Por isso se você ver pequeninos arranhões nas partes de vidro é apenas a película que riscou, sendo possível remover essa película - mas antes de fazer isso verifique se o logo da Sony ou a inscrição Xperia não serão removidos junto) e laterais em metal com pequenas proteções em plástico nas quatro pontas do aparelho. Essa construção resultou em uma massa um pouco maior, de 181 gramas (nada que incomodará a mior parte dos usuários. Já o tamanho pode ser um estorvo para alguns, havendo 15,44 cm de comprimento, 7,6 cm de largura e 0,78 cm de espessura. Seu design prossegue seguindo as especificações do "omni-balance" que visa buscar um equilíbrio e uma simetria em todas as direções.

O aparelho é a prova d'água (até 1,5 metros por no máximo 30 minutos) e poeira (certificações IP65 e IP68). Mas fique atento para ver se a tampa da entrada para o cartão micro SD e nano SIM está bem fechada e de jeito algum conecte os fones de ouvido ou o cabo na entrada micro USB antes de estarem completamente secos. Não preciso dizer que eltricidade e água não combinam, né?

Este modelo do nosso review é o Mono SIM, mas há também uma versão Dual SIM que vai ser bastante útil em tempos onde as operadoras buscam por meio de promoções angarear novos clientes. Ele é compatível com as redes (pode haver variação conforme o modelo) GSM (850/900/1800/1900), GPRS, EDGE, UMTS, HSDPA, HSUPA, HSPA+ (3G), LTE (4G), LTE (s4G) Cat 6. Pela primeira vez um aparelho meu conseguiu acessar uma rede LTE!

Possui ainda conectividade: aGPS, Bluetooth® 4.1, DLNA Certified®, Wi-Fi hotspot, MIMO Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac, cabo MHL 3.0, cabo OTG, NFC, Suporte ANT+™ para atividade física e saúde, entrada micro USB 2.0, GPS (A-GPS/GLONASS) e velocidades de upload até 300 mbps e download de até 50 mbps.

Possui acelerômetro, sensor de proximidade, giroscópio, bússola e um preciso e rápido leitor de impressão digital.

Este equipamento trouxe algumas preocupações por parte dos usuários mais ligados em tecnologia. Vimos os problemas de superaquecimento envolvendo o Processador Qualcomm® MSM8994 Snapdragon™ 810 em outros modelos. É um processador octa-core de 64 bits (quad-core cortex A57 de 2,0 GHz + quad-core cortex A53 de 1,5 GHz) que graças ao excelente trabalho de engenharia da Sony relacionado a dissipação de calor não deixará o usuário mais incomodado do que ficaria ao utilizar qualuqer outro aparelho top de linha do mercado. Associado aos 3 GB de memória RAM mesmo as tarefas mais pesadas rodam liso, sem travamento garantindo uma boa experiencia de uso.

Para jogos fique traquilo. A GPU Adreno™ 430 associado a tela IPS Ultra HD 4K de 3840 x 2160 pixels (sim, você não leu errado, é o primeiro aparelho com tela 4K do mundo) de 5,5" de tamanho com densidade de 806 PPI, vão garantir uma experiência encantadora. A tela conta ainda com a tecnologia Triluminos Display para celular, X-Reality para celular, Dynamic Contrast Enhancer e reconhecimento multi touch com 16 milhões de cores. Tal como a parte traseira, a tela é protegida por Corning Gorilla Glass e pela película SHATTERPROOF.

Com relação a tela 4K nem sempre ela estará mostrando as imagens como tal, havendo o recurso de "upscaling". Isso significa que, ao rodar vídeos em full HD (uma resolução inferiro a 4K) todos os pixels serão utilizados durante a reprodução, melhorando a experiência do usuário. Lembre-se: os aparelhos da Sony foram criados para usuários ávidos pelo consumo de mídia e não poderia nos deixar na mão nessas horas.

É possível aativar e desativar a tela por meio de dois toques na tela, o que nos fóruns inicialmente foi chamado de "double tap to wake" e "double tap to sleep", "knock knock", etc. E o melhor de tudo: nativo (valeu Sony!).

A tela mostra-se bastante competente para enfrentar a luminosidade solar, não havendo qualquer problema para visualizar o conteúdo mesmo sob o sol do meio dia.

O som  é emitido por duas saídas frontais (a Sony poderia ter deixado o led de notificação tal como era no xperia Z2, né?) de alta resolução (LPCM, FLAC, ALAC, DSD), DSEE HX, LDAC, cancelamento de ruído digital, Clear Audio+ e Surround S-Force Front. Há compensação automática para fones de ouvido e permite gravação estéreo. Interessante notar que há suporte para Rádio FM, coisa rara hoje em dia em aparelhos top de linha.

E por falar em consumo de mídia e jogos, para acompanhar essa tela comedora de energia, o aparelho vem equipado com uma bateria de 3430 mAh com tecnologia Quick Charge 2.0 e capacidade de carregamento rápido o que garante até 5,5 horas de uso após carregar o aparelho por apenas 10 minutos. Este parelho do review veio com o Carregador UCH 20 com tecnologia Quick Charger, mas há modelos com o carregador rápido UCH 10. A Sony garante duração de até dois dias de uso contínuo segundo os critérios de avaliação padronizados pela empresa. De acordo com os meus critérios de uso, o aparelho alcança as 22 horas de uso contínuo com bastante folga. E um dos motivos é, além do próprio Sistema Operacional Google Android possuir uma forma nativa de poupar bateria, o recurso Stamina e Ultra Stamina para economizar energia quando a bateria está já pedindo água, ou melhor, energia.

Já que falamos no Sistema Operacional, o Xperia Z5 Premium vem com o Android 5.1.1 já com atualização para o Android 6.0.1 Marshmallow disponível. Não cheguei a utilizar o Android 5.1.1, tendo atualizado o aparelho tão logo o tenha ligado (fiz isso no Paraguai mesmo e aproveitei para testar a conectividade dele).

A Sony customizou pouco o Android embarcado no Z5 Premium o que resultou em muita fluidez. Mas mesmo assim ela traz uma série de aplicativos próprios dela (nada que incomode, maas poderia ser possível removê-los sem precisar de root). O armazenamento é feito por memória flash de 32 GB e possui suporte para cartão microSD até 200 GB.

A câmera principal possui resolução máxima de 5520 x 4140 pixel. Possui sensor Exmor RS™ da Sony de 1/2,3" e 23 MP, com uma lente G grande-angular de 24 mm, abertura de F 1.8, autofoco híbrido de 0,03 s* (um dos mais rápidos que já vi), Clear Image Zoom 5x, Zoom digital de até 8x, foto com ISO de até 12800, vídeo com ISO de até 3200, tecnologia SteadyShot™ com modo ativo inteligente (estabilização de imagem), gravação de vídeo na câmera principal de até 4K (2160 p) a 60 FPS, Flash de LED pulsado. Atenção! A lente da câmera não é resistente a riscos! Já a câmera frontal é capaz de capturar imagens de até 5 MP. É também equipada com sensor Sony Exmor RS™, possui lente grande-angular de 25 mm e é capaz de gravar vídeos em Full HD (1080 p) a 30 FPS. Possui também a tecnologia SteadyShot™ com modo ativo inteligente. Há uma série de complementos para as câmeras disponíveis nas lojas de aplicações da Sony e do Google.

É possível conectar o aparelho aos joysticks do Play Station e utilizar os serviços PlayMemories e PS4™ Remote Play.

O valor praticado no Brasil não compensa a sua aquisição, mas comprá-lo fora em períodos de queda do valor do dólar vale bastante a pena. Caso faça como eu que o adquiri no Paraguai, aproveite e compre películas de vidro temperado ou películas líquidas e uma capa protetora. Dai é só curtir um dos melhores aparelhos disponíveis!

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!