Pais: Nossos Primeiros Professores

02/08/2014 07:36

Não há aprendizado nos atalhos. Não há valorização do que se conquista se não houver esforço. Não se fala em trabalho duro sem antes mencionar a disciplina. Se o obstáculo é um desafio ou uma dificuldade, só depende de você definir.

É fácil enveredar pelo caminho errado, especialmente quando se é fraco, pois o caminho correto é sempre íngreme.

"Vou eu na minha inocência acreditando que a Isabella não saberia o que era aquilo que eu lhe mostraria (cilindros de massinha de modelar coloridas uma ao lado da outra).

-Você sabe o que é isso?!?!?! - pergunto. 

-Xilofone! -  responde Isabella sem hesitar. 

-O quê ?!?! - ao mesmo tempo me perguntando em pensamento onde ela viu um xilofone antes????

-Xilofone! - resposta firme.

Fiquei com cara de espanto pela primeira vez dentro dos quinze minutos seguintes,  quando aconteceria meu segundo espanto.

Explico a ela que o xilofone também possui aquela configuração,  mas que aquilo era outra coisa para brincar chamada 'massinha de modelar" e começo a brincar com ela. Faço um inocente pato e em seguida os olhos dele, quando então tenho o segundo espanto do dia:

-Então eu vou fazer as pupilas dos olhos dele!

-Vai fazer o quê?! - não estava acreditando nisso! 

-As pupilas do Pato!  - com tudo concordando no plural sem falhas

- Mas você sabe o que são as pupilas? -  perguntei com cara de bobo.  

-É o buraquinho no meio do olho pai! - resposta firme novamente.

E pela segunda vez eu fico com cara de espanto no mesmo dia. A Isabella tinha apenas três anos de idade. E daí eu lhe pergunto, caríssimo leitor: com essa idade você já sabia isso? Nem eu. Mas ela sabe. E aprendeu sozinha tal como muitas outras coisas que depois eu descobriria.

Quer que seus filhos aprendam? Mostre a eles que você também busca aprender todos os dias. Duvido que ela ter me visto estudar e aprender todos os dias não a tenha influenciado (se você não sabia, mesmo professores estudam antes de dar aulas,  trabalhamos mesmo quando estamos em casa). Duvido que ela me ver sempre rodeado de livros não a tenha deixado curiosa e influenciado a querer livrinhos de contos de fadas (e ela tem vários que ela  escolheu para que lessemos para ela).

Falar é fácil. Fazer é difícil. Mas quem disse que o caminho correto é fácil? Sirva de Norte para seus filhos e eles não se perderão."

Do meu próximo livro: "Onde as Luzes Nunca se Apagam".

Que as luzes dos sábios iluminem o seu caminho.

Marcell H.K.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!